Translate

terça-feira, 28 de março de 2017

Recordações



Tomara que nunca te esqueças de mim.
Sou uma memória que precisa de viver no teu pensamento. Pois são os teus pensares que me fazem suportar esta existência.

Sei muito bem que desse lado a necessidade não é a mesma. Nem poderia.
No teu mundo não há espaço para distrações como o amor ou felicidade.
No teu mundo só vive quem tu permites e esses contam-se pelos dedos de uma só mão. E invejo-te por seres capaz de trilhares o teu caminho desse jeito.

Talvez seja isso que te faz única e intocável.
Talvez.
E talvez não me seja permitido ter certezas disso. Apenas que saiba que assim é, e isso terá que me bastar. Justo.

No meu mundo, permito-te viver, caminhar, viajar, amar, crescer.
No meu mundo, tu nunca te esqueces que eu me lembro de ti
No meu mundo, a memória, as ruas, a plenitude chamam-se "tu".

Tu, no meu mundo, és somente tudo aquilo que permite ser eu.

Sem comentários:

Enviar um comentário