Translate

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Para sempre?

Bom dia...

Acordas-me com duas palavras, enrolada no meu corpo. Está muito calor para estarmos cobertos por lençóis. Os nossos corpos servem na perfeição para atingir uma temperatura confortável. A tua pele, encostada na minha, é o suficiente esta manhã.

Bom dia, respondo eu sem abrir os meus olhos. Aproximo-te de mim, envolvendo as tuas costas, puxando o teu ombro para mim para te beijar a testa. Os teus cabelos descansam sobre a almofada. Ali permanecemos, envoltos em suspiros longos, sem gastar mais energia que a necessária. É suficiente, hoje.

Passam largos minutos até que me largas, despedindo-te com um beijo no meu peito, para ires cuidar de ti. Eu prefiro permanecer aqui, acariciando o calor que deixaste na cama, perdendo-me de amores pela noite de ontem, pela manhã de hoje.

Abro as persianas para deixar entrar a luz. Não te sei explicar mas o sol brilha menos que tu. É fácil perceber que me apaixonei por ti, que caí na mesma armadilha de outros tempos. Desta vez não vou pensar que pode acontecer tudo de novo, que possa ter que repetir toda a via sacra de outras vezes, por culpa de almas diferentes, que não tu.

Enquanto te demoras no teu ritual matinal, busco uma chávena de café para lhe misturar um cigarro. Não consegui sorrir, ainda. Não me apetece, não sei ser de outra forma. Sozinho nunca me apetece sorrir. De pé, virado para a luz que não é mais luminosa que tu, ouço o mundo a despertar e mexer as suas geringonça à procura da terra prometida. A mim, parece-me que já lá cheguei, mas não consigo sorrir. Não sei ser de outra forma.

Abraças-me por detrás, beijando-me as costas despidas. Repetes o teu cumprimento, e sorrio finalmente. Beijo-te e nem o meu hálito a fumo e café te tira a expressão única dos teus olhos. Abraço-te, e deixamo-nos ficar.

Ali. Abraçados. Esquecidos da vida que corre louca na rua.

Basta-me. E a ti. Bastas-me.
A tua pele, encostada na minha, é suficiente esta manhã. E para sempre.


Sem comentários:

Enviar um comentário