Translate

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Como se te perdesse

"I'm gonna love you, like I'm gonna lose you / I'm gonna hold you like we're saying goodbye" - Meghan Trainor

És o meu porto seguro perfeito. E tenho medo. 

Sinto um aperto dentro de mim de cada vez que me abraças e tentas proteger. É um medo terrível, uma insegurança. A cada abraço e a cada carinho sinto que nos estamos a despedir. 
Antecipando um futuro do indicativo que quero pontapear para longe da nossa perfeita esfera. Aqui onde me guardas e seguras. Aqui, em ti, o meu porto seguro perfeito.

Por isso sempre que te amo, sempre que te vejo, de todas as vezes que me vais buscar ao meu emprego neste canto de inferno, sempre que me sorris eu corro para ti. Vou amar-te como se fosse a última coisa que eu tivesse por fazer nesta vida que seria um sacrifício atroz sem ti. 

Quando nos vivemos, sendo um pedaço de tempo no caminho um do outro, nada mais me importa. Nem a ti. Olhas-me com olhos preocupados, pesados por vezes. Não é nada, minto-te. Não é nada, por isso não digas nada. Abraço-te numa correria contra os minutos que passam por nós mais rápido que para os outros à nossa volta. Tenho medo e não to posso dizer. Logo a ti, que és o meu porto seguro perfeito...

Porque não para o tempo, para nós? O meu medo desaparecia, tenho a certeza.
Não te posso prometer "para sempre", só "agora" desejando que "amanhã" tudo se mantenha incólume. Que o teu sorriso me encontre todos os dias, à saída do emprego no canto de inferno, que te possa abraçar como se fosse uma despedida, que me possa entregar como se te fosse perder. Que possa continuar a viver-te como se o meu respirar dependesse, para sempre, da tua presença em mim...

Só assim me faz sentido aguentar o meu receio. Só contigo. 
Só a ti a amar-te como se te perdesse, a segurar-te como se estivéssemos a dizer adeus, como se o meu ar fosse o teu amor.


Com o meu porto seguro perfeito. Contigo.



Sem comentários:

Enviar um comentário