Translate

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Pois

A Morte corre atrás de ti com a velocidade do ponteiro dos segundos, e tu esperas.

A Vida foge-te entre os dedos, e tu esperas.

Continua à espera, pois.

Apenas convém lembrares-te que nem a Morte nem a Vida esperam por ninguém.




Mas continua à espera, pois.












Sem comentários:

Enviar um comentário